Demito-Me


Obviamente demito-Me
das minhas funções de cidadão
porquanto é tudo em vão
sonhos que não virão 
porquanto neste Estado de cão

Demito-Me 
e desfaço-me
de todas as façanhas
e supostas arte-manhãs 

Não sou mais sujeito jurídico 
e com a humanidade brinco

no desdém 
      e por além
            de quem 
                  e aquém...

Não Mais, 
Nem Mais 
Simplesmente ...! 

Comentários

Mensagens populares deste blogue

CONVERSA COM O CIGARRO

JOSÉ CARLOS SCHWARZ SEMPRE

UM DIA ESCREVEREI SOBRE TI, SOBRE TUDO!